Pode pesquisar agora mesmo no google: Como escolher o nicho do seu blog.  É bem provável que vá encontrar posts que te inspiram a basear suas escolhas no quão lucrativo aquele nicho pode ser. Mas não aqui. Aqui nós vamos é falar do nicho que te escolheu. E isso pode ser muito mais interessante. 😉 

Escolher um nicho específico é a primeira dica de branding. Sempre! Planejar suas estratégias, posicionamento de imagem e produção vai ser muito muito muito mais fácil se você souber exatamente pra quem você quer falar.

Mas e se você não quiser falar só de um assunto?
Tá tudo bem. Demorei a definir meu nicho – apesar de sempre ter um e bem específico! rs -, porque batia o pé nessa mesma questão. Eu não queria falar só de blogs, queria ter a liberdade de trazer assuntos do meu dia-a-dia pra cá também. Só que conforme fui estudando e praticando, descobri que escolher um nicho diz mais sobre criar expectativas do que eu imaginava. E já falei né, sou uma criadora de expectativas de carteirinha. rs

 A escolha de nicho e as suas expectativas

No momento em que você define um assunto para ser o seu foco, você não está excluindo nenhum outro. É bem provável que seu público também tenha interesse por quase todos os assuntos que você quer tratar. Mas trabalhar em cima de vários assuntos sem distinção dificulta seu posicionamento e faz seu caminho ser muito mais longo.

Seu nicho foi escolhido e dentro de uma coerência entre os assuntos, as pautas podem ser infinitas. O lance com as expectativas é que, mesmo tendo a liberdade pra tratar de assuntos variados, você sabe que tudo que for postado dentro do nicho que você escolheu, vai ter uma receptividade muito melhor do teu público.

Vou usar  – como sempre – esse blog como exemplo. rs
Sempre tive um ótimo alcance quando os posts eram de dicas para blogueiras e sempre soube que esse era o meu foco, mas não admitia como meu nicho, porque via o nicho como limitação e tudo que menos quero é limitar minhas ideias. Esse ano, comecei o processo de coach e a clareza que eu tanto esperava chegou.

Eu tenho um nicho, mais específico do que eu sonhava e eu já converso diretamente com meu público alvo todos os dias. Eu sei o que eles esperam encontrar aqui no blog, dicas para blogueirAs – não que homens sejam barrados aqui, mas meu público alvo são mulheres – em um formato de fácil entendimento e focado em conteúdo e posicionamento de imagem. Quando eu postar sobre produtos de cabelo ou moda, eu já espero menos comentários. E tá tudo bem, tá tudo ótimo! ♥
Conseguem ver a diferença? Eu não vou desanimar caso esses posts não alcancem os mesmos números que tenho nos posts sobre blogs. 🙂

Como definir o nicho do seu blog

Diga quem és e te direi que nicho escolher. Souza, Tati. rs

Eu comentei ali em cima e volto a repetir.Você vai ter que dedicar muito mais tempo a esse assunto do que a qualquer outro que queira tratar vez o outra no seu blog. Esse vai ser o tema central não só do blog, mas das suas redes sociais. Então auto-conhecimento é fundamental. ; como escolher nicho blog

Vamos pra prática? Vamoooos! ♥ rs

O que você ama fazer?

Já sabemos que ama compartilhar suas experiências. Certo? 😉

  • Dos posts que já criou, quais foram os que mais se divertiu criando?
  • Na sua listinha de ideias pra posts, qual assunto tem mais – e melhores – ideias?
  • Quando está no ócio, o que faz? O que assiste? Sobre o que você lê?
  • Quais são seus principais interesses?

A listinha pode ficar grande mesmo, não tem problema. Mas faça com atenção, pra que o resultado seja realmente eficiente, você tem que ser extremamente sincera com você mesma. ♥
E também seja específica, colocar: MODA! Não vai ajudar muito. Dê detalhes. Ex: Consumo consciente e moda. É hora de alinhar paixões e princípios. 🙂

Sobre o que seus amigos te procuram quando precisam de ajuda?

Nesse caso, a opinião de terceiros pode ajudar e muito! Quando seus amigos te procuram por ajuda, qual o tema? Te procuram pra ajudar a montar novos looks? Pra ajudar a entender melhor tal produto de maquiagem? Como finalizar o cabelo da forma certa? Ajuda com seus blogs ou redes sociais? ( me.rs )

As vezes não prestamos atenção a esses detalhes e eles dizem muito sobre nós e nossas habilidades.  Pensa aí rapidinho e anota também.

Pesquisa de público: Online e offline tb!

Agora é hora de ver como as pessoas já nos veem, perguntando mesmo. Faça uma pesquisa de público simples no blog e vá aos seus amigos e familiares saber o que pensam sobre você e seu trabalho.

Características suas, coisas que gostam em você, se tem algum talento que eles tenham identificado. Não precisa ser nada mirabolante.

Olhe as suas anotações, tente traçar padrões. Não precisa levar nada nada ao pé da letra. Até porque muitas vezes as pessoas tem visões um pouquinho equivocadas sobre nós ou até mesmo estão colocando seus desejos sobre nós nas respostas.

Normalmente algum tema em específico vai aparecer mais vezes. E aí voltamos pra você!
Pense com carinho sobre tudo. Na tua rotina, experiências, o que te motiva. É mesmo uma questão de auto-conhecimento. Você vai ver, depois da escolha do teu nicho, tudo vai ficar mais fácil.
As ideias novas deixar de ser pensamentos soltos nessa cabeça criativa e passam a ser parte da tua estratégia de comunicação. Fica bem mais fácil desenhar um caminho pra seguir e realmente seguir esse caminho. Sabe? 🙂

Te definir não vai ser tão difícil quanto era, porque você vai saber exatamente qual parte sua vai ser o foco nas suas apresentações.


E demorei bastante pra entender que eu estava remando contra a maré. Ao invés de deixar o meu nicho me escolher, eu estava fugindo dele por não entender a importância dessa escolha. E com essa descoberta eu não só encontrei o nicho do blog, como o direcionamento do meu trabalho. Então, abre essa cabeça ai e tenta pensar direitinho sobre tudo que você quer com o blog. ♥

Agora eu preciso saber! Fico mais fácil pensar na escolha do teu nicho? Dá pra começar a desenvolver algo depois desse post? Me conteeeem! 🙂

Se precisar de um help a mais pra escolher teu nicho e traçar as estratégias pra realização dos teus sonhos. Estou aqui, prontinha pra atender! 😉

Author

Carioca, libriana e blogueira responsável pelo blog Tati Souza. Noiva do Thiago e mamãe do Fred #yorkshire. Amo praia, sol, natureza e não vivo sem esse contato. Moda, beleza e blogosfera são assuntos que adoro conversar, pra relaxar, praia, livros e reggae.

21 Comments

  1. Tatiii me identifiquei muito…haha tbm sofri pra definir o nicho do meu blog, eu sabia qual era mas relutava pq não queria me “prender” a um assunto só, nem deixar ficar fútil o conteúdo. mas ai parei, fiz um exercício de reflexão e consegui definir meu nicho e trazer outros conteúdos junto que fazem sentido estar lá.

    Mas essa não é uma tarefa fácil mesmo, seu post está ótimo, acho que vc conseguiu descrever certinho os melhores passos pra conseguir encontrar e definir um nicho. Arrasou!

    beijooos

  2. Tatiii, me identifiquei muito!
    Você sempre traz conteúdos incríveis e eu estava precisando mesmo disso, estou com um pouco de dificuldade com esse negócio de nicho e esse post super ajudou. Beijos ♥
    http://www.desencana.com

  3. Tati, eu adoro falar sobre a questão de escolher um nicho, acho super importante porque é exatamente o que nos dá uma luz e nos direciona! Concordo com tudo que você escreveu (e muito bem por sinal)! Amei o post!

  4. Kéren Hapuque de Paiva Reply

    Tati, que post maravilhoso! A Layla me indicou ele, porque conversamos muito sobre isso. E seu POST foi bastante completo, tenho certeza que vai ajudar muita gente! Parabéns pelo conteúdo ❤

  5. Quando eu comecei meu blog foi muito difícil definir meu nicho e por isso nunca conseguia manter o padrão dos posts, por isso acabei me afastando e ficando sem rumo depois de um tempo estudando vendo posts como esse eu acabei me achando e hoje consigo criar contudo pro blog muito melhor, blogs como o seu são super impostante porque ajudas as blogueiras a se organizar ou saber o que realmente quer com o blog.
    Parabéns pelo conteúdo excelente que você trás

    • Obrigada Sthephanie ♥
      Quando a gente se encontra no que faz, fica tudo muito mais fácil, né? As pessoas vão chegando e a identificação é muito mais fácil, porque estamos de verdade naquele texto.

      E obrigada mesmo. Boa sorte com o blog e continue fazendo o que ama, sempre!

  6. Essa foi uma das minhas maiores dificuldades na hora de criar o blog. Acabei mudando o foco ao longo do tempo e excluindo temas que não estavam ornando ali. Se conhecer e conhecer o público é essencial de verdade. Afinal, se eles te procuram pra ler sobre algo e não encontram, já era. E também se torna importante pq ninguém consegue se manter muito tempo escrevendo sobre muita coisa ao mesmo tempo ou sobre algo que nem sequer gosta. Achar esse equilíbrio e focar nele é essencial <3

    • Temos mesmo que testar e nos conhecer como produtoras. Depois disso, além de ficar mais fácil acertar o púbico, nos sentimos muito mais realizadas né? ♥

  7. Eu concordo em partes com o que você disse. Meu blog começou com um nicho definido, a literatura. Mas é um assunto difícil de conseguir parcerias. Também me sentia limitada. Eu AMO falar sobre literatura mas também adoro falar sobre cabelos, culinária, fotografia amadora, escrever crônicas, enfim, um pouco de tudo. Ainda não defini o novo nicho do blog, e percebi que caiu um pouco o acesso desde que implantei novos assuntos. E para categorizar, como faço?

    • O importante é que você realmente não se sinta presa! Eu acho que os blogs literários são um nicho incrível, até mesmo para as parcerias. Mas tem aquela coisa de equilibrar as expectativas, as suas parcerias naturalmente serão no teu tema de foco. O bom de ter um nicho é que teu público se torna cativo com mais facilidade, daí então quando trouxer outros assuntos, por mais que a interação e os resultados não sejam os mesmos, eles confiam em você. Não se prenda aos números nesses casos, essas coisas vão vir aos poucos, é normal o seu público se sentir perdido quando você tb está. ♥
      Quanto as categorias, tem que pensar na distribuição dos temas de acordo com o que você quer enfatizar. Se seu nicho for o literário, dá pra dividir melhor esses temas e centralizar todos os outros, que seriam mais esporádicos, em categorias como: Feminices, lifestyle ou algo assim, mais abrangente mesmo, pra caber vários temas dentro daquela categoria, dividindo depois as subcategorias ali dentro. 🙂

  8. Pingback: Aplicativos para organizar filmes e outros links para descomplicar a vida - Modices

  9. Que post INCRÍVEL! Me deu uma clareza tão grande o que eu gosto de fazer no meu blog que nem sei. Muito, muito obrigada! <3

  10. Nossa, eu super sabia qual era/é o meu nicho desde o começo, só que como uma boa indecisa que sou, ainda me pego falando de várias outras coisas, deixando o blog bem diversificado.

    Nessa questão de prestar atenção no que os amigos pedem ajuda, piora ainda mais, pois acabam me pedindo ajuda para várias coisas kkkkkk
    Mas seu post ficou ótimo amiga. Eu agora já sei o meu foco principal e sei medir para ter um pouco de cada rs.

    Beijoos

  11. Acho que consegui entender um pouco o que significa um nicho no blog, embora eu continue receosa em criar um para o meu. Pode ser paranoia, mas muitas coisas me limitam (nem meta de ano novo eu faço mais!). Hoje vi uma definição até legal para o meu conteúdo: alternativo. Nem sei se pode ser chamado de nicho, mas é no que ele mais se encaixa 🙂

  12. No meu blog eu falo sobre cabelo, beleza e moda. São os assuntos que eu mais entendo e goato de ler. Acho que isso me ajuda muito na hora de escolher.

  13. Adorei. Teu post tava salvo nos favoritos há um tempinho para que eu pudesse ler e vai continuar lá para que eu possa recomendá-lo 😉
    Eu ainda não defini meu nicho mas já sei quais são os assuntos que eu mais abordo lá no blog, com o tempo talvez essa decisão de definir surja ^^
    Beijo!

    Sorriso Espontâneo

  14. Acho muito importante, sim, definir um nicho pro blog. Mas eu passei por maus bocados ao tentar me fixar em um nicho só! Aconteceu que eu sou uma pessoa que tá em constante transformação e eu tenho tanta curiosidade e paixão por tudo no mundo, que era até cruel comigo mesma me limitar apenas a temas literários. Os livros continuam sendo o foco do Literalize-se – mas eu me dou a liberdade de falar o que eu quiser, quando quiser. Afinal, é o meu cantinho! Eu devo me sentir livre, pelo menos lá, não é mesmo? haha
    Literalize-se

  15. Pingback: Qual a frequência ideal de posts no blog e porque é tão importante equilibrar o calendário do blog com a sua agenda pessoal | Tati Souza

  16. Muito obrigada, seu post abriu minha mente e me deu mais clareza. Conheci seu blog este ano e suas postagens são maravilhosas. Muitooooooooooo obrigada do fundo do meu coração <3
    Charme-se

Write A Comment